Classe de Trombone

Rafael Rocha - Coordenador da Classe

Trombonista, compositor e arranjador, nasce em uma família de músicos e ainda na infância inicia os estudos com o trombone. Formado em trombone pela FAMES (Faculdade de Música do Espírito Santo), pós-graduado em Educação Musical pelo CESAP (Centro de Estudos Avançados em Pós-Graduação e Pesquisas). Possui trabalhos como: Ivan Lins, Bob Mintzer (EUA), João Bosco, Chico Buarque, Rosa Passos, Roberto Menescal, Raul de Souza, Hamilton de Holanda, Carlos Lyra, Dori Caymmi, Duduka da Fonseca, Maucha Adnet, Daniel Jobim, Bibi Ferreira, Arthur Maia, Chico Pinheiro, Antônio Adolfo, Baptiste Herbin (FRA), Michael Davis (EUA) entre outros. Também escreveu arranjos para Moscow City Symphony “Russian Philharmonic” no CD / DVD “From Russia With Love” 2019 do cantor / ator Daniel Bonaventura. Foi o diretor musical do álbum ‘On the Way from Brazil’ do compositor Oleg Tumanov e nesse projeto escreveu arranjos para Leila Pinheiro, Joyce Moreno, Jane Duboc, Luciana Alves e Paulinho Moska e tantos outros músicos convidados. Desde que mudou para o Rio de Janeiro em 2017, começou a gravar e produzir muitos arranjos para programas de TV e novelas. Paralelo à essa carreira, foi convidado a lecionar na British School. Em relação à música instrumental, se juntou a vários grupos, destacando o Brasilidade Geral, Base & Brass (liderada pelo saxofonista franco-brasileiro Idriss Boudrioua), R3 Special Big Band, Duoleiro, Bernardo Ramos Quintet, Orizzonti Sexteto e T-Bones Brasil Ensemble. Vale destacar o álbum “O tempo e a musica” do contrabaixista Arthur Maia, onde participa como trombonista, foi indicado ao Grammy como álbum instrumental em 2010. Foi professor convidado em vários festivais no Brasil e também no exterior, incluindo: ABT (Associação Brasileira de Trombones), Semana Aberta do Jazz – Conservatório de Coimbra (Portugal), Tourbon Festival (Chile), CIVEBRA (Curso Internacional de Verão de Brasília), III Encontro Internacional de Metais no Conservatório de Tatuí (SP), entre outros.

PROFESSORES

Aldivas Aires

Aldivas Ayres
Natural do Estado do Rio de Janeirom, teve os primeiros contatos com a música ainda criança em bandas escolares.
Em 1983 ingressou na Escola de música Villa Lobos para ter suas primeiras aulas de trombone de vara com o finado professor Valdemar Moura, irmão do também falecido  saxofonista Paulo Moura.
1984, tendo prestado concurso na especialidade de música para a FAB, transferiu -se para Campo Grande-MS. De lá, após seis anos e meio, foi transferido para São José dos Campos. Em 1990 ingressou na Escola Municipal de Música em São Paulo e lá deu continuidade a seus  estudos de trombone com o então professor Gilberto Gagliardi. Em 1995 retornou para a sua cidade natal e desde então vem atuando com alguns artistas da música nacional e internacional como Ed Motta, Lenine, João Bosco, Tim Maia, Alcione, Eumir Deodato entre outros.

Jorginho Neto

Jorginho Neto aos 18 anos ele entrou na Antiga Universidade Livre de Música ( U.L.M.) e iniciou seus estudos com Professor de trombone Walter Azevedo( Trombone Popular) se graduando aos 22 anos.
Mas antes disso participou de um festival pela Universidade e ganhou em primeiro lugar como melhor Solista Instrumental Brasileiro de 2006. Desde então o Raul de Souza, apadrinhou e tocaram junto no Sesc Belenzinho e No
Sesc Pompéia, encontros instrumentais. Raul disse: após muitos anos, surgiu esse grande trombonista que tem representado muito bem a música Brasileira.
O seu trabalho tem sido reconhecido nacionalmente e internacionalmente se apresentando em New York e na Europa e tocou   com os grandes artistas Frank Sinatra Jr, Roberto Menescal, Gilberto Gil, Joao Bosco, Ivan Lins entre outros.
Ele gravou dois disco de Samba Jazz como solista ( Jorginho Neto Samba Jazz e o CD Leste) e de Jazz Funk  Jorginho Neto Collective Harlem.
Atualmente esta gravando um disco Trombone's Samba com os dois grandes Trombonistas de New York Alevtina Wilcox e Corey Wilcox feat Wicllyfe Gordon.

Marcos Flávio

Marcos Flávio

Professor da Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde exerce intensa atividade didática como professor de Trombone, Práticas Interpretativas do Choro e Coordenador do Coral de Trombones e Tubas da UFMG.
É professor convidado de vários festivais de música dentro e fora do país. Membro da ITA (Internacional Trombone Association) e da ABT (Associação Brasileira de Trombonistas). Tem apresentações registradas no Clube do Choro de Paris (FRA), Buenos Aires (ARG), Madri (ESP), Montevidéu (URU), Clube do Choro de Brasília (DF), Expomusic – Yamaha (SP), Clubes do Choro de Belo Horizonte, Betim e Juiz de Fora (MG), Projeto Minas ao Luar (SESC – MG), dentre outros. Já se apresentou com várias orquestras, dentre elas as Filarmônicas de Minas Gerais e Espirito Santo,
Sinfônicas de Minas Gerais, da UFPB e UFMG e Bandas Sinfônicas da UFMG, da Cidade de Natal (RN), Betim(MG) e FAMES (ES) como solista ou músico convidado.
Já dividiu o palco com músicos como Maria Schneider (EUA), Frank Sinatra Jr.(EUA), Bil Allread (EUA), Jeff Rupert (EUA), Rosa Passos, Gal Costa, Ivan Lins, Rafael Rocha, Chico Amaral, Ronaldo do Bandolim, Zé da Velha, Joel Nascimento, Vitor Santos,
Henrique Cazes, Silvério Pontes, José Milton Vieira, Cléber Alves, Wilson das Neves, Monarco, Nelson Sargento, Radegundis Feitosa, Hamilton de Holanda, Carlos Malta, Mauro Rodrigues, Ramon Braga, José Paulo Becker, Nilsinho Amarante, Dudu Braga, Juarez Moreira, Nivaldo Ornelas, Silvio Carlos, Teco Cardoso, Toninho Horta, dentre outros.
Participa dos grupos Trombominas, Jazz Mineiro Orquestra, Flor de Abacate, Choro de Minas, Happy Feet Jazz Big Band, Zé da Guiomar e Copo Lagoinha. Além das várias participações como músico convidado em Cds e Dvds de vários artistas e orquestras tem três Cds solo e um DVD: Chorobone(2005), Trombones Geraes(2007), Coletânea(2015) e o DVD Choro de Minas ao Vivo (2016). Marcos Flávio usa Trombone Yamaha Xeno YSL- 882OR 

Paulo Malheiros

Paulo Malheiros

Estudou com professores como David Richards e Daniel D’Alcantara. Em 2004, venceu o Prêmio de “destaque entre bolsistas” do Festival de Campos do Jordão, MPB/Tatuí.
Participou como musico de diversos grupos de musica instrumental e orquestras sinfônicas, entre as quais destacam-se: Hermeto Pascoal; Maria Schneider; David Liebman; Orquestra Experimental de Repertorio; Mozar Terra Octeto; Orquestra Sinfônica do Paraná; Banda Savanah; Louise Wooley Quinteto; Alex Buck Octeto; entre outros.
Na área pedagógica lecionou trombone popular e improviso durante três anos (2016, 2017, 2018) no Conservatório de Tatuí, e participou como professor e palestrante em alguns festivais de música como: Festival de Musica de Ourinhos/2005, 2014 e 2015; Semana do Musico Militar de Goiânia/2005; Festival Internacional de Musica de Londrina/2006 e 2007; Oficina de Musica de Curitiba/2009, 2012 e 2015; Painel Instrumental (Conservatório de Tatuí)/2012 e 2013; Projeto Bone Brasil/2015 e 2017; e Encontro dos Trombonistas do Rio Grande do Norte (UFRN)/2017. Também desenvolveu uma serie de arranjos didáticos de musica popular pela EMESP e Conservatório de Tatuí para diversas formações. Atuou como coordenador,
regente e arranjador nos grupos Jazz Combo Jovem do Conservatório de Tatuí, Big Band do Conservatório de Tatuí, e Big Band da Emesp. Paulo hojeintegra como músico e arranjador os grupos: Soundscape Big Band, Reteté Big Band, Hermeto Pascoal Big Band, Orquestra Jazz Sinfônica, Grupo Quebra Cuia, Paulo Malheiros Noneto, Rubem Farias Big Band, e tem arranjos executados e gravados por diversos grupos e formações, além das que ele integra, como WDR Big Band (Alemanha), Orquestra Jovem Tom Jobim.

Sérgio Coelho

Sérgio Coelho
Trombonista, compositor e arranjador, Sérgio Coelho destaca-se pela criatvidade e particular sonoridade, dono de uma técnica aprimorada e de um cuidado especial com a linguagem musical brasileira.
Nascido em Itajaí, estuda música desde os 9 anos e aos 16 já atuava profissionalmente na área. Teve oportunidade ainda jovem de conviver com os mestres Raul de Souza, Arismar do Espírito Santo, Radegundis Feitosa, Hermeto Pascoal, Vinícius Dorin, Toninho Horta, Carlos Malta entre outros.
Apresenta no seu currículo parcerias com os músicos Renato Borghet, Hermeto Pascoal, Arismar do Espírito Santo, Zé da Velha e Silvério Pontes, Emílio Santago, André Dequech, Gabriel Grossi, Raul de Souza, Arthur Verocai, Maestro Spok, entre outros, partcipando de festivais por todo o Brasil e em alguns Paises da America do Sul; e já circulou por vários estados brasileiros e países da América do Sul em turnê.
Desde 2007 investe em trabalho próprio, o que produziu – ao lado de Edson Santanna, Thiago Espirito Santo, Alex Buck, Glauco Solter, entre outros parceiros – o primeiro CD "Sergio Coelho Trombone"; o levou a partcipar de shows em festvais de vários estados brasileiros e também na Argentna; e abriu as portas para partcipar do programa Mosaico, em Homenagem a Raul de Souza na TV Cultura.
Atualmente trabalha nos Projetos: Flor de Sal, de Arismar do Espirito Santo; Em Movimento, de Gabriel Grossi; e JuruBrasil Orquestra e com Hermeto Pascoal e Big Band trabalho esse ganhador do Grammy (melhor Album de Jazz Latino 2018).
Mantém ainda, paralelo ao seu trabalho de instrumentsta, um viés educacional, ministrando por diversas vezes os cursos “Interpretação e Improvisação para Instrumentos Melódicos” e oficina de trombone em diversos festivais pelo país.