Classe de Música eletrônica

André Motta - Coordenador da Classe

André Motta é DJ, produtor musical, professor e CEO da maior redes de escola de DJs do país, a AIMEC (Academia Internacional de Musica Eletrônica), com 8 unidades no Brasil e uma na Europa. Experiência é a marca registrada do DJ, afinal, é uma vida dedicada a música. André Motta iniciou sua carreira profissional em 1989 ao ser contratado por uma casa noturna aos 13 anos de idade. Em 1994 foi um dos criadores do programa mais importante de musica eletrônica underground do interior paulista, o Rota 91 na Educadora FM, no ar até hoje. Em 2014 André Motta foi um dos competidores qualificados do RedBull Thre3style (campeonato mundial de Djs), entre os 18 selecionados do Brasil. Uma longa trajetória na música em casas noturnas, eventos, rádios, estúdios de gravação, mais de 15 anos como instrutor de DJ, professor de áudio em faculdade, além de especialista em tecnologia para DJs e computer music.

PROFESSORES

Alonso Figueroa

Músico profissional desde 2002, começou seus estudos de música aos 6 anos de idade. Pianista, acordeonista e vocalista, participou de bandas de música instrumental brasileira e música popular brasileira, ensina teoria musical para música eletrônica há 13 anos e tem uma experiência vasta em palcos por todo o Brasil acompanhando artistas curitibanos utilizando em sua performance o software Ableton live com samplers, instrumento virtuais e efeitos. É formado produtor musical pela AIMEC e graduou-se bacharel em música popular em 2007 pela FAP (Faculdade de Artes do Paraná), tendo como objeto de TCC composição de música eletrônica.

Adrian Ribeiro

DJ com 11 anos dedicados a música, natural de Curitiba-PR, Adrian C Ribeiro iniciou a sua carreira em 2005 com 16 anos de idade. Formado em Designer Gráfico, dedicou boa parte do seu tempo e esforçoao mundo da música.Em 2007 Adrian iniciou uma nova etapa na sua carreira, a de Produtor Musical.Não demorou muito eemplacou grandes hits na época produzindo tracks dos mais variados sub gêneros do Trance.Um ano depois surgiu o projeto “Wildboyz” o seu projeto de Electro House.Com o Wildboyz, o produtor curitibano viajou pelo Brasil todo e conquistou milhões de fãs mundo a fora. Fez tracks com renomados produtores como, Electrixx, Miles Dyson, Phanatic, Bizarre Contact, X-Noize, Fernando Tessis. Também teve diversas trackslançadas por gravadoras renomadas do gênero EXX Records, Plasmapool, DandyKid Records dentre outras e dividiu palco com diversos DJs do mundo todo.Em 2012 entrou para o time de professores da AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica) ao qual ministra aulas de Produção Musical (Regular e Avançado) e Mixagem e Masterização.Desde então o DJ vem estudando bastante para inovar novamente na cena eletrônica e em2015o jovem produtoriniciaum novo projeto chamado “Adriann” focado em Techno e Tech-House.Mas como ele mesmo enfatiza, o seu grande diferencia é não rotularnada (F*ck genres).”Oimportanteaquiéfazeragaleradançar,lógico,dentrodeumconceito”-AdrianCRibeiro.O projeto Adriann já recebeu suporte de grandes nomes como; Claude VonStroke, Maximono, Gabe, Fractall, Rocksted.

Bry Ortega

Bry Ortega é um músico, baterista, produtor musical e live performer que há anos se dedica em criar apresentações ao vivo únicas. Com uma bagagem que inclui passagens por bandas de rock, atualmente ele é o dono de um dos melhores live do Brasil, tendo sido indicado duas vezes consecutivas pelo RMC, principal premiação nacional voltada para a música eletrônica. Presente em lançamentos de grandes gravadoras nacionais e internacionais, Bry Ortega é um artista oficial da Roland Brasil e junto com a marca cria performances memoráveis para quem as presencia. Através de muita dedicação e estudo o músico acaba de iniciar uma nova etapa de sua carreira. Intitulada “Reborn By Destiny”, essa fase promete muitos lançamentos exclusivos e uma ampla abrangência internacional. E para dar início, o produtor recentemente realizou uma turnê pela Europa e passou por países como a Inglaterra e Espanha, enriquecendo a lista de países em que já se apresentou. Outros territórios como Portugal, México, Argentina e Estados Unidos já puderam assistir pessoalmente suas características singulares, que incluem uma grande presença de palco e liberdade criativa, criando atmosferas inesquecíveis. Na virada do ano de 2019 foi o único brasileiro presente a representar o Brasil na lendária Ministry of Sound em sua tradicional festa de Réveillon. Bry Ortega através da experiência do ao vivo utiliza elementos musicais como a percussão e sintetizadores para criar e deixar sua identidade no público. Sua longa paixão com a música o possibilita sempre inovar e mostrar algo dinâmico, expressivo e nunca antes visto.

Carlinhos de Barros

Carlinhos de Barros estuda música à 24 anos, iniciou sua jornada aos 10 anos de idade tocando teclado, aos 14 anos se tornou baixista, tocando várias bandas, do Pop Rock ao Metal Progressivo.⁣ ⁣Produtor de música eletrônica desde 2008, Carlinhos assina pelos projetos Sound Cloup (Bass House/Minimal), ZatroMinic (Open Format) e Black Roof (Techno), além disso, trabalha como Professor na Aimec Curitiba a 7 anos e é responsável pelo Cloup Lab Studio, onde presta serviços de mixagem, masterização, produção musical, beatmaker etc. Também presta serviços de Mixagem e Masterização para as gravadoras: Abstract Channel, Aimec Music, Brazuka Music, Digiment Records, Misto Quente Records e Up Club Records.⁣

Danilo Bencke

Danilo Bencke é um professor certificado pela Ableton e ministra aulas na mais renomada escola de DJs e Produção Musical do Brasil, a AIMEC. Além disso, atua como DJ e Produtor no seu projeto de Bass House / G-House “Dancko” Danilo começou como guitarrista ainda nos anos 2000, e em 2004 começou sua carreira como DJ, logo começando a produzir suas músicas. Usuário do Ableton Live desde 2005, se formou em 2012 em Produção Musical Avançada pela AIMEC, onde começou a ministrar aulas. Depois se especializou em mixagem e masterização e chegou a ministrar palestras sobre o assunto em conferências importantes como o BRMC (Brasil Music Conference) e a FIMS (Feira Internacional de Música no Sul). Desde 2014 trabalha com Pesquisa e Desenvolvimento na AIMEC Brasil, sendo responsável pela parte didática de todos os cursos, desenvolvimento das apostilas e geração de conteúdo da escola. Conhecido por sua excelente didática e pela facilidade com que passa seus conhecimentos, Danilo ministra aulas de Produção Musical, Sound Design e Mixagem & Masterização na AIMEC Curitiba, com turmas de até 12 alunos, além de atender em particular alunos com necessidades específicas.

Ilan Kriger

Ilan Kriger é um artista multifacetado e atua como DJ, produtor, remixer e label manager além de produzir importantes eventos como a Mainframe que é uma de suas festas. Ele é um dos pioneiros no cenário eletrônico de Curitiba com uma sólida carreira de 15 anos. Em suas apresentações transita entre Deep House, Indie Dance e Tech House com maestria, utilizando re-edits exclusivos, produções próprias e música de vanguarda.

Jayboo

Este artista esbanja criatividade ao expressar sua arte com agilidade e precisão. Em suas performances, Jayboo explora todos os recursos disponíveis nos equipamentos de discotecagem para criar climas envolventes e momentos únicos para o público. Estas habilidades foram desenvolvidas em meio a sua vasta experiência comandando as pistas de dança (desde meados dos anos 2000) e a vivência em sala de aula como professor nos cursos de discotecagem e produção musical da AIMEC Curitiba.
Mateus B., criador do projeto, já se apresentou em 14 estados brasileiros e 5 países, além de assinar como produtor musical mais de 60 lançamentos em selos fonográficos (dentre eles: Toolroom, Mr Carter, Materialism, Witty Tunes e Hotfingers).

Junior Antonini

Nascido no Rio de Janeiro e morando em Florianópolis, Santa Catarina, desde 1985, Junior Antonini é DJ, Produtor de áudio, além de consultor nas áreas de áudio e acústica. Tornou-se profissional da discotecagem em 1991 – aos 13 anos – tocando em clubs e como Dj de grupos de rap. Em 1999, tornou-se um dos integrantes da banda Bandit e começou a produzir bandas locais de variados estilos. Em 2001, fazendo parte do grupo de rap Imaginários, concorreu ao Prêmio Hutus na categoria melhor demo do ano e, nesse evento, abriu o show dos Racionais Mc´s. Entre 2002/2003 residiu em Belo Horizonte, e desenvolveu trabalhos musicais com vários artistas locais, com destaque para Wilson Sideral, Célio Balona e Quarteto e Kuringa´s. Nos réveillons de 2002/2003 e 2003/2004, foi responsável por montar a trilha da virada de ano de Florianópolis juntamente com Célio Balona, fazendo um Live PA de música eletrônica para mais de 300 mil pessoas. Ao retornar em 2004 para Florianópolis para residência definitiva, continuou com trabalhos de produções de artistas locais e atuando como DJ em diversos eventos. Em 2006, iniciou os trabalhos com a produtora TumDum Áudio, empresa da qual, mais tarde, tornou-se sócio. Em 2008 criou, junto com Murillo Valente, A.M.P. (Ambiente Musical Propício), projeto de Live PA com foco em experimentações sonoras e grooves envolventes. Em 2013 passou a ministrar aulas para a Aimec Florianópolis nas áreas de discotecagem e produção musical . Mais recentemente, por ter vasta experiência em estúdio e shows (seja como músico, DJ ou técnico de som), e por ser amante de hardwares e periféricos de áudio, criou um canal no Youtube onde oferece tutoriais e testes de equipamentos para produção/gravação/execução musical em português. Hoje, continua com seus trabalhos para o mercado publicitário e cinematográfico com a TumDum, ministra aulas na Aimec Florianópolis, oferece workshops sobre variados assuntos relacionados ao mercado musical, presta consultoria de áudio e acústica para residências, empresas e casas noturnas, é consultor de produtos e suporte técnico Native Instruments/Ableton/Mak Audio, instrutor certificado Ableton e sócio-proprietário de um novo espaço em Florianópolis chamado Groove Up, destinado ao ensino, compartilhamento e experimentação de música, softwares e equipamentos destinados ao mercado musical, procurando levar música eletrônica sem preconceitos a todos.

Rafael Araujo

Sócio-fundador da AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica) é DJ e produtor musical nascido em Curitiba. Dono de selos fonográficos, núcleo de eventos, websites comunitários, programas de rádio e diversos projetos voltados a área musical. É um dos pioneiros na cena eletrônica do sul do Brasil, tendo tocado como DJ pelo país inteiro e também turnês pela Europa, America do Sul e Estados Unidos. Com a AIMEC, elevou a escola para se transformar na maior rede de escola para DJs do Brasil, hoje com 9 unidades da academia espalhadas por aí (8 no Brasil e 1 em Portugal). É formado em Comunicação Social pela UTP – Universidade Tuiuti do Paraná e pós graduado em Hospitality Management pela UCF – University of Central Florida em Orlando no ano de 2009. Também cursou Music Business na UCLA – University of California Los Angeles em 2012. Neste ano de 2019 cursou Artist Management e Publishing, Sync e Licensing pela The School of Music Business de Londres- Inglaterra. Rafael Araujo é um empreendedor de mão cheia da música e cultura musical independente, conhecendo o mercado como ninguém e acumulando centenas de realizações em seus mais de 20 anos de estrada. Tem orientado e aconselhado inúmeros projetos de sucesso da cena musical brasileira.